O Fundo Pitanga II está ativo e buscando novos investimentos

O Fundo Pitanga investe em
startups de deep tech com alto
potencial de crescimento.

Nosso objetivo é trabalhar com empreendedores que já criaram suas empresas ou ajudar empreendedores a construir suas empresas.

O tipo de inovação que procuramos incentivar deve estar relacionado ao desenvolvimento e aplicação de novas descobertas científicas ou tecnologias inovadoras.

Buscamos negócios que tenham como objetivo atuar em mercados grandes e que possam capturar em um curto espaço de tempo frações expressivas desses mercados. Acreditamos que isso só é possível com a introdução de um forte componente inovador capaz de originar ampla vantagem competitiva.

Satisfeitas essas condições, nosso fundo dispõe-se a correr o risco do investimento necessário para desenvolver e comercializar a(s) nova(s) tecnologia(s).

Nossa contribuição consiste no aporte de capital e em participação na gestão da empresa por meio de seu Conselho de Administração.

Não temos restrição quanto a área de atuação ou geografia, mas preferimos investir em empresas latino-americanas ou que tenham uma presença significativa na região.

Buscamos, através de um rigoroso processo de seleção, investir em um número reduzido de negócios.

Lançado em 2011, o Fundo Pitanga I já está completamente investido e, portanto, fechado para novos investimentos.

Lançado em 2020, o Fundo Pitanga II está ativo e buscando novos investimentos.